UA-83912875-1
Estúdio ao Vivo Rádio ao Vivo
Inicial Tags Anúncios com a palavra "Filmes"

Filmes

0 11

Ashley Tisdale deu prosseguimento ao seu projeto do YouTube “Music Sessions” e dessa vez teve uma ideia especial, promovendo um reencontro do filme “High School Musical”.

A cantora chamou Lucas Grabeel para uma performances juntos após 10 anos. Ele interpretava Ryan, irmão da Sharpey no filme. A música escolhida foi uma que eles já haviam cantado na produção: “What I’ve Been Looking”.

Quer algo mais nostálgico que isso? Assista:

 

0 5

Que coisa mais fofa! Os estudantes de animação Beth David e Esteban Bravo fizeram uma campanha de financiamento coletivo para produzirem um curta-metragem chamado “In a Heartbeat”. A meta era de 3 mil dólares, mas em novembro eles arrecadaram 14 mil!

E pelo trailer do filme, lançado na semana passada, essa grana vai valer a pena. Isso porque “In a Heartbeat” tem a seguinte premissa: um garoto gay corre o risco de sair do armário por causa de seu próprio coração, que sai literalmente do seu peito para ir atrás do menino de seus sonhos!

Já estamos apaixonados, OK? Vem cá ver a prévia curtinha, mas muito fofa:

Que história interessante!

Miniatura

De acordo com Beth e Esteban, “In a Heartbeat” será disponibilizado na internet de graça agora no meio do ano, mas ainda sem data definida. Vamos ficar aguardando! <3

(via NewNowNext)

0 3

O Coming Soon divulgou o teaser-pôster do filme live-action da ‘Barbie‘, exibido na feira Licensing Expo.

A adaptação teve sua estreia adiada no final de 2016 para 29 de junho de 2018.

Confira:

Vale lembrar que Amy Shumer não vai mais estrelar, alegando conflito de agenda.

“Infelizmente, eu não posso mais me comprometer com Barbie devido a conflitos de agenda. O filme tem um grande potencial, e a Sony e a Mattel foram excelentes parceiros. Estou chateada, mas ansiosa para ver a Barbie chegar aos cinemas.”

A Barbie foi criada por Ruth Handler e o seu marido Elliot Handler em 1959, que tinham uma filha de nome Barbara. Observavam Barbara que brincava apenas com bonecas bebês quando criança. A menina era apaixonada por bonecas. Quando cresceu, já pré-adolescente, seu pai observou que Barbara ainda brincava com as suas bonecas. Então, a sua mãe, Ruth Handler, teve a ideia de criar uma boneca adolescente.

Trata-se da segunda parceria entre Sony Pictures e Mattel, que também desenvolvem um filme live-action de ‘Mestres do Universo‘, baseado no universo de He-Man.

A Universal tentou levar um filme em live-action da ‘Barbie‘ aos cinemas em 2009, mas acabou cancelando-o.

Diablo Cody (‘Juno’) roteirizou o filme.

A expectativa da Sony é começar as filmagens em breve, pois a estreia de ‘Barbie‘ está marcada para junho de 2017

 

 

0 7

A Universal Pictures liberou o mais novo pôster de ‘Meu Malvado Favorito 3‘.

Confira:

Com direção de Pierre Coffin e Kyle Balda, a produção ‘Meu Malvado Favorito 3‘ traz de volta os personagens mais famosos da série: Gru, Agnes, Margo, Edith, Dr. Nefario e os atrapalhados Minions, além de agora apresentar Dru e o novo vilão Balthazar Bratt.

Produzido pela Illumination Entertainment, de ‘Minions‘ e ‘Sing – Quem Canta Seus Males Espanta‘, a animação chega dos cinemas em 29 de junho.

0 14

Com exclusividade aqui, tem o clipe do drama ‘Antes Que Eu Vá‘ (Before I Fall), adaptação do livro escrito por Lauren Oliver.

No vídeo, a protagonista Samantha Kingston (Zoey Deutch) está nervosa porque pretende perder a virgindade.

Samantha Kingston (Zoey Deutch) é uma jovem que tem tudo o que um adolescente pode desejar da vida. No entanto, essa vida perfeita chega a um final abrupto e repentino. Porém, segundos antes de um fato inesperado acontecer, ela terá a oportunidade de mudar a sua última semana e, talvez, o seu destino.

A Paris Filmes lança o filme nos cinemas nacionais amanhã, dia 18 de Maio de 2017.

0 23

Um vídeo publicado pela Netflix em sua página oficial do Facebookdeixou muitos assinantes preocupados nesta quinta-feira. Segundo a plataforma de streaming, títulos da Fox sairão do seu catálogo até meados de 2017 – mais precisamente a partir do dia 1º de julho.

O post mostra cenas de produções de sucesso como “O.C”, “How I Met Your Mother”, “Prison Break”, “Glee”, “Bones” e “Sons of Anarchy”, acompanhadas de uma mensagem de “Adeus”.

Como o contrato com a emissora acabará em breve, o serviço por assinatura deixará de exibir vários queridinhos dos usuários.

Nos comentários da rede, milhares de internautas já lamentam o fim das séries. A Netflix compensa a notícia com a promessa de que as produções sairão gradualmente e de que “tem muita coisa nova vindo” em seu lugar. Em maio, por exemplo, chegam à plataforma a quinta temporada de “House of Cards”, a sexta temporada de “Suits” e o filme “Her”.

Olha só o vídeo:

https://www.facebook.com/netflixbrasil/videos/1444454782277977/

0 25

Todo ano, a batalha nas bilheterias se torna uma competição mais disputada. Atualmente, temos superproduções (os chamados blockbusters) estreando inclusive no início do ano, vide A Bela e a FeraLogan e A Grande Muralha, só para citar os lançamentos de 2017. A intensificação de produções cada vez mais caras, estreando não somente no verão norte-americano (época de maior fervor nas bilheterias dos EUA), mas ao longo do ano todo, pode vir a criar fracassos estrondosos, como também novos recordistas de bilheterias.

A nova lista do CinePOP apresenta justamente isso. Os reis dos reis. Os grandes dos grandes. Não basta estar no topo das bilheterias de seu respectivo ano mais, o que conta agora é o seleto grupo do clube do Bilhão. Somar centenas de milhões em bilheteria é para os fracos e coisa do passado. Agora, os arrasa-quarteirões de verdade querem saber é dos bilhões. Até hoje, no entanto, apenas 29 filmes conseguiram tal proeza na história do cinema – algo me diz que um certo oitavo filme de uma franquia muito acelerada em quatro rodas em breve se juntará ao clube. Vamos conhecê-los.

#29 – A Bela e a Fera (2017)

Bilheteria Mundial (até o momento): US$1,002,405,115
Abertura: US$174,750,616
Orçamento: US$60 milhões

#28 – O Cavaleiro das Trevas (2008)

Bilheteria Mundial: US$1,004,558,444
Abertura: US$158,411,483
Orçamento: US$185 milhões

#27 – O Hobbit: Uma Jornada Inesperada (2012)

Bilheteria Mundial: US$1,021,103,568
Abertura: US$84,617,303
Orçamento: US$180 milhões (estimado)

#26 – Zootopia (2016)

Bilheteria Mundial: US$1,023,615,211
Abertura: US$75,063,401
Orçamento: US$150 milhões (estimado)

#25 – Alice no País das Maravilhas (2010)

Bilheteria Mundial: US$1,025,467,110
Abertura: US $116,101,023
Orçamento: US $200  milhões

#24 – Star Wars: A Ameaça Fantasma (1999)

Bilheteria Mundial: US $1,027,044,677
Abertura: US  $64,820,970
Orçamento: US $115 milhões

#23 – Procurando Dory (2016)

Bilheteria Mundial: US $1,027,364,326
Abertura: US$135,060,273
Orçamento: US$200 milhões

#22 – Jurassic Park: O Parque dos Dinossauros (1993)

Bilheteria Mundial: US$1,029,153,882
Abertura: US$47,026,828
Orçamento: US$63 milhões

#21 – Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas (2011)

Bilheteria Mundial: US $1,045,713,802
Abertura: US  $90,151,958
Orçamento: US $250 milhões

#20 – Rogue One: Uma História Star Wars (2016)

Bilheteria Mundial: US  $1,055,751,464
Abertura: US  $155,081,681
Orçamento: US $200 milhões

#19 – Piratas do Caribe: O Baú da Morte (2006)

Bilheteria Mundial: US  $1,066,179,725
Abertura: US $135,634,554
Orçamento: US $225 milhões

#18 – Toy Story 3 (2010)

Bilheteria Mundial: US  $1,066,969,703
Abertura: US  $110,307,189
Orçamento: US $200 milhões

#17 – O Cavaleiro das Trevas Ressurge (2012)

Bilheteria Mundial: US  $1,084,939,099
Abertura: US  $160,887,295
Orçamento: US $250 milhões

#16 – Transformers: A Era da Extinção (2014)

Bilheteria Mundial: US  $1,104,054,072
Abertura: US  $100,038,390
Orçamento: US $210 milhões

#15 – 007 Operação Skyfall (2012)

Bilheteria Mundial: US  $1,108,561,013
Abertura: US  $88,364,714
Orçamento: US $200 milhões

#14 – O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (2003)

Bilheteria Mundial: US $1,119,929,521
Abertura: US  $72,629,713
Orçamento: US $94 milhões

#13 – Transformers: O Lado Oculto da Lua (2011)

Bilheteria Mundial: US  $1,123,794,079
Abertura: US  $97,852,865
Orçamento: US $195 milhões

#12 – Capitão América: Guerra Civil (2016)

Bilheteria Mundial: US  $1,143,597,261
Abertura: US  $179,139,142
Orçamento: US $250 milhões

#11 – Minions (2015)

Bilheteria Mundial: US  $1,159,398,397
Abertura: US  $115,718,405
Orçamento: US $74 milhões

#10 – Homem de Ferro 3 (2013)

Bilheteria Mundial: US  $1,215,439,994
Abertura: US  $174,144,585
Orçamento: US $200 milhões

#09 – Frozen: Uma Aventura Congelante (2013)

Bilheteria Mundial: US  $1,276,480,335
Abertura: US  $67,391,326
Orçamento: US  $150 milhões

#08 – Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2(2011)

Bilheteria Mundial: US  $1,341,511,219
Abertura: US $169,189,427
Orçamento: US$125 milhões

#07 – Vingadores: Era de Ultron (2015)

Bilheteria Mundial: US  $1,405,413,868
Abertura: US $191,271,109
Orçamento: US $250 milhões

#06 – Velozes & Furiosos 7 (2015)

Bilheteria Mundial: US  $1,516,045,911
Abertura: US  $147,187,040
Orçamento: US $190 milhões

#05 – Os Vingadores (2012)

Bilheteria Mundial: US $1,519,557,910
Abertura: US  $207,438,708
Orçamento: US  $220 milhões

#04 – Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros(2015)

Bilheteria Mundial: Us  $1,670,400,637
Abertura: US  $208,806,270
Orçamento: US $150 milhões

#03 – Star Wars: O Despertar da Força (2015)

Bilheteria Mundial:  US$2,068,178,225
Abertura:  US$247,966,675
Orçamento: US$245 milhões

#02 – Titanic (1997)

Bilheteria Mundial: US  $2,186,772,302
Abertura: US  $28,638,131
Orçamento: US $200 milhões

#01 – Avatar (2009)

Bilheteria Mundial:  US$2,787,965,087
Abertura: US  $77,025,481
Orçamento: US $237 milhões (estimado)

0 25

Os assinantes da Netflix podem ficar ainda mais animados com uma novidade na grade de programação da plataforma de streaming.

Segundo o jornal norte-americano The Wall Street Journal, os estúdios de cinema de Hollywood começarão a disponibilizar seus filmes no catálogo da empresa com um intervalo de apenas 45 dias após a estreia da produção nos cinemas.

Normalmente, o tempo de espera para os assinantes é o quase o dobro.

De acordo com o jornal, a mudança não é aleatória e reflete também no combate à pirataria. Com o aumento da adesão a serviços como Netflix, Hulu e Amazon Prime, levar as produções com maior antecedência aos assinantes assegura os estúdios quanto à autenticidade do produto, reduzindo a busca por arquivos piratas na internet. Além disso, a quena na compra de DVDs e Blu-rays seria outro estímulo.

 

0 55

Muitos apontam para a crescente falta de ideias originais no cinema de Hollywood. O que não deixa de ser um fato incômodo. Cada vez mais os grandes estúdios resolvem apostar no seguro, o que muito se traduz em continuações. Se uma superprodução deu certo, que tal confeccionar sua sequência? Se ela também der certo, teremos uma trilogia, e por aí vai. No entanto, há luz no fim do túnel e pode existir criatividade na falta de criatividade.

Se uma continuação faz exatamente o mesmo que seu antecessor, não há real motivo para existir, porém, em alguns casos, as sequências ousam e acrescentam novos elementos a cada investida em tal universo, provando a diferença entre as boas continuações e as ruins. Em 2017 elas serão muitas, e resolvemos comentar as mais interessantes para vocês, baseado numa matéria do site Movieweb. Se elas irão vingar, só poderemos saber no ano que vem. Enquanto isso, deixaremos nossa expectativa falar mais alto. Veja abaixo e não se esqueça de comentar.

 Jogos Mortais: O Legado (Saw: Legacy)

saw-cinepop

 

Em 2010, quando Jogos Mortais: O Final (Saw 3D), em 3D – como diz o título original – foi aos cinemas, algo dizia que este não seria o fim. Mas não me pergunte muito, pois esta “saga” acabou para mim em 2006, no terceiro episódio. Sete anos depois e temos mais um exemplar do infame e maior representante do subgênero torture porn. A trama ainda é mantida em segredo, mas um cartaz já foi divulgado. Como é? Bem, com uma pessoa sendo torturada, dã. Os irmãos Spierig (que fizeram o cult por excelência O Predestinado) estão no comando. A estreia é no dia 27 de outubro nos EUA, bem a tempo para o Halloween. No Brasil, a data ainda não foi divulgada.

Annabelle 2

annabelle-cinepop

Outro produto pronto para o Halloween, não fosse sua estreia programada para o início do verão americano, em 19 de maio – época de lançamento das grandes produções anuais. Parece que a Warner está apostando mesmo nesta continuação da boneca satânica, que nasceu como derivado do ótimo Invocação do Mal (2013). Annabelle (2014) não agradou muito, mas sua sequência tem pedigree para superá-lo. Em primeiro lugar, pela direção de David F. Sandberg, do recente sucesso Quando as Luzes se Apagam, da mesma Warner. Segundo, pela ambientação de uma grande casa isolada, numa trama que envolve um criador de bonecas, sua família, uma freira e crianças de um orfanato. Terceiro, pelo elenco de atrizes talentosas, como a australiana Miranda Otto (As Duas Torres) e a mexicana Stephanie Sigman (Narcos). Vejamos pelo lado bom, pior que o original não tem como ficar. A estreia no Brasil ocorre no dia 25 de maio.

Transformers: O Último Cavaleiro (The Last Knight)

transformers-cinepop

 

O diretor Michael Bay queria abandonar a franquia após o fracasso de crítica do segundo longa. Mas, como não é bobo nem nada, após um papo com o padrinho Steven Spielberg, retornou não só para o terceiro, como para o quarto e estará no comando deste quinto também. Os filmes dos Transformers seguem como caso raríssimo de superproduções massacradas pela crítica e público, que não melhoram a cada investida, e continuam a ser bem sucedidos financeiramente. A história deste quinto filme da franquia ainda não foi divulgada, mas quem se importa, o que veremos serão mais três horas de robôs lutando e destruindo tudo. No elenco, Mark Wahlberg (que também não é bobo) retorna, assim como Josh Duhamel, Stanley Tucci e a adição de Anthony Hopkins. Na parte feminina, que Bay sabe retratar muito bem (só que não), Laura Haddock é a bela da vez, depois de Megan Fox, Rosie Huntington-Whiteley e Nicola Peltz. O Último Cavaleiro quem dera fosse o último estreia no dia 21 de junho no Brasil.

 Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar (Dead Men Tell No Tales)

piratas-cinepop

Crítica e público divergirem sobre certos filmes não é estranho. No entanto, alguns blockbusters surgem como à prova de crítica. Como exemplo, temos a franquia Piratas do Caribe. Seis anos se passaram desde que Johnny Depp e Penélope Cruz navegaram por águas misteriosas e um descanso foi dado para nossas mentes. Agora, Sparrow (Depp), Barbossa (Geoffrey Rush) e Will Turner (sim, ele mesmo, o ferreiro, novamente interpretado pelo sumido Orlando Bloom) retornam para enfrentar o vilão Capitão Salazar, papel de Javier Bardem. O reforço de um elenco jovem vem encabeçado pela brasileira Kaya Scodelario (Maze Runner), Brenton Thwaites (O Doador de Memórias) e Golshifteh Farahani (Êxodo). A surpresa: Paul McCartney fará uma ponta, após as participações de Keith Richards. A direção é da dupla de noruegueses Espen Sandberg e Joachim Ronning, de Expedição Kon Tiki (2012). A estreia ocorre no dia 26 de maio, mundialmente.

Planeta dos Macacos: A Guerra (War for the Planet of the Apes)

planeta-cinepop

Planeta dos Macacos, filme de 1968, foi um enorme sucesso em sua época e gerou quatro continuações, uma série de TV e uma refilmagem, interpretada por Tim Burton. Esta é uma das maiores propriedades da Fox, e o estúdio não tinha intenção de deixá-la de lado. Em 2011, uma revitalização foi lançada, mostrando como tudo começou. Agora, a Fox resolve dar continuidade para a revolta do negligenciado símio Caesar e suas tropas. A evolução chegou para as criaturas, aproximando-as cada vez mais dos seres que conhecemos dos filmes clássicos – capazes de pensar, falar e agir como humanos. Matt Reeves (Planeta dos Macacos: O Confronto) volta no comando como diretor, e o elenco conta com nomes como Woody Harrelson, Judy Greer e Steve Zahn, além de Andy Serkis dando vida pela terceira vez ao protagonista digital Caesar. O terceiro Planeta dos Macacos, depois do reboot, tem estreia mundial marcada pela Fox para o dia 14 de julho.

 T2: Trainspotting 2

t2-cinepop

Nem só de blockbusters são feitas as continuações. E aqui, o prestigiado cineasta Danny Boyle resolve revisitar o universo de um de seus filmes mais cultuados, Trainspotting – Sem Limites, vinte e um anos após seu lançamento. Renton (Ewan McGregor), Francis Begbie (Robert Carlyle), Sick Boy (Johnny Lee Miller), Spud (Ewen Bremmer) e Mikey Forrester (Irvine Welch) estarão de volta a partir de janeiro (no Reino Unido), chegando ao Brasil, pela Sony, no dia 16 de fevereiro.

Kingsman: O Circulo Dourado

kingsman-cinepop

Continuação do sucesso surpresa de 2014, o novo Kingsman marca um fato inédito: Matthew Vaughn retornando para a direção da sequência de um filme seu (Kick-Ass e X-Men choram). Um ataque massivo é realizado a central dos espiões britânicos, pedindo ação de Eggsy (Taron Egerton) e Merlin (Mark Strong). Harry Hart (Colin Firth) está creditado, e imaginamos que suas cenas sejam flashback. Quem também chega com o novo elenco é Jeff Bridges, Julianne Moore, Halle Berry, Pedro Pascal, Channing Tatum e até mesmo Elton John. Queremos para ontem! A estreia é da Fox no dia 15 de junho.

Thor 3: Ragnarok

thor-cinepop

Os filmes do herói Thor não são os pontos altos do universo cinematográfico da Marvel. Então você se pergunta, o que faz o terceiro filme do Deus do Trovão numa posição privilegiada na lista. Bem, alguns fatores, meu caro leitor. Primeiro, a adição de um elenco de peso, encabeçado por Cate Blanchett no papel da vilã Hela – além de Tessa Thompson, Karl Urban, Sam Neill e Jeff Goldblum (não, não é uma reunião de Jurassic Park). Segundo, por parte da trama pegar emprestado de uma das histórias mais adoradas pelos fãs, Planeta Hulk. Sim, o gigante esmeralda estará no longa, assim como sua contraparte de carne e osso, o ótimo Mark Ruffalo. Ah sim, não esquecendo do rouba cenas Tom “Loki” Hiddleston. A direção é de Taika Waititi (da comédia O Que Fazemos nas Sombras) e a estreia vem pela Disney no dia 2 de novembro.

Velozes e Furiosos 8 (Fast 8)

fast-8-cinepop

Continuações não são para os fracos. É o que provam os brucutus Vin Diesel, The Rock, Jason Statham e Cia, com este oitavo (quem diria!) capítulo na franquia motorizada mais famosa da sétima arte. O que começou como um filme de racha nas ruas, que pegou muito mais emprestado de Caçadores de Emoção (1991) do que qualquer outra coisa, se tornou um dos entretenimentos mais megalômanos da atualidade nos cinemas, pairando acima até mesmo de 007 no quesito diversão – como provaram os últimos filmes das respectivas franquias. Mas filme de ação não é coisa só de meninos e o oitava prestação de Velozes e Furiosos traz a Dama Helen Mirren (isso é muito bom!) e a Furiosa em pessoa, Charlize Theron como a malvada mor. Esta família fica cada vez mais interessante. Sob o comando de F. Gary Gray (Straight Outta Compton), a Universal lança o filme no dia 13 de abril.

 Guardiões da Galáxia Vol. 2

guardioes-cinepop

Este é outro filme que ganhou um trailer incrível recentemente. Ninguém dava nada pelo primeiro Guardiões da Galáxia (2014), um time de personagens B da Marvel. Hoje, sua sequência é um dos filmes mais esperados do ano que vem. E promete não desapontar, seguindo de perto tudo o que fez do original uma das superproduções mais cultuadas dos últimos anos. Da trilha sonora retrô, passando pelas adições de Kurt Russell (Ego), Pom Klementieff (Mantis), Elizabeth Debicki (Ayesha) e Sylvester Stallone ao elenco, até chegar ao Baby Groot, Vol. 2 promete diversão rock n roll e mais ópera espacial na veia. James Gunn só precisa não deixar a peteca cair. A estreia é da Disney no dia 27 de abril.

Alien: Covenant (Prometheus)

alien-cinepop

Este filme pode dar muito certo ou muito errado. Bem, usando a lógica, a garantia é de ficar no meio termo, já que após os dois primeiros filmes da franquia Alien, pode ser dito que a coisa não funcionou tão bem. De qualquer forma, a paixão pela série iniciada por Ridley Scott e continuada por James Cameron é tão grande que nos faz ter esperança acima de tudo. Embora Prometheus (2012) tenha muita coisa errada, e mais detratores que defensores, funciona como a melhor sequência (ou pré-sequência) da franquia desde 1986. Esta é a continuação direta da prequel, novamente comandada pelo criador de tudo, Ridley Scott. Em breve, Neill Blomkamp (Chappie) também dará sua visão ao alienígena cabeçudo, com uma continuação direta do filme de Aliens: O Resgate. O filme de Scott, com Noomi Rapace, Michael Fassbender, Katherine Waterston e Billy Crudup no elenco, estreia no dia 3 de agosto.

 Blade Runner 2049

blade-runner-cinepop

Outra ficção que marcou o início de carreira de Ridley Scott, ajudando a cimentar seu nome como um dos maiores diretores no gênero, ganhará continuação ano que vem. Trata-se de Blade Runner, que durante décadas flertou com a ideia de uma nova produção. Agora, pelas mãos do talentoso franco canadense Denis Villeneuve, e aval do próprio Scott, chega a tão esperada sequência. Bem, a coisa não seria tão aceitável se não fosse a presença do cineasta no comando. Harrison Ford reprisará seu icônico papel de Deckard, e o elenco de novos nomes tem Ryan Gosling, Jared Leto, Robin Wright, Mackenzie Davis, Ana de Armas e Dave Bautista. Vale lembrar que Scott e Villeneuve estão recém-saídos de ficções de sucesso, Perdido em Marte (2015) e A Chegada (2016) respectivamente. Se o nível for mantido… . A Sony traz o filme no dia 5 de outubro.

Star Wars: Episódio VIII

star-wars-cinepop

Não tem para ninguém. O filme mais esperado de 2017 é também um dos mais mantidos em segredo. O oitavo episódio da franquia mais adorada da história do cinema não poderia figurar em nenhuma outra posição que não fosse a primeira da lista. Continuando diretamente os eventos de O Despertar da Força (2015) – sem a interferência de Rogue One, derivado que terá lançamento este ano – seguiremos os passos de Rey (Daisy Ridley) por seus ensinamentos Jedi. Luke Skywalker (Mark Hamill) também será parte essencial da trama desta vez. Quem comanda é Rian Johnson (Looper). As adições no elenco ficam por conta de Benicio Del Toro e Laura Dern, em personagens ainda não revelados. Oscar Isaac, John Boyega, Carrie Fisher, Lupita Nyong´o, Domhnall Gleeson, Gwendoline Christie e Adam Driver também retornam. O novo Star Wars, da Disney, estreia no dia 14 de dezembro. Que a Força esteja com vocês.

0 50
Seguindo a linha de live-action da Disney, vem aí uma versão com atores de A Pequena Sereia.

E Alan Menken, o premiado compositor das trilhas sonoras das animações da Disney – que comandou as canções do live-action A Bela e a Fera e vai trabalhar na nova versão de A Pequena Sereia ao lado de Lin-Manuel Miranda – já sabe quem quer para o papel da vilã Úrsula: o ator, roteirista, ativista de direitos homossexuais e, ocasionalmente, drag queen Harvey Fierstein.

Fierstein, que trabalhou em filmes como Independence Day e Uma Babá Quase Perfeita, é mais conhecido por seu papel como Edna na versão da Broadway do musical “Hairspray” – atuação que lhe rendeu uma estatueta do Tony Awards (o Oscar do teatro). Além disso, ele também escreveu os roteiros de diversas peças da Broadway com temática LGBT, como “La Cage aux Folles”, “Casa Valentina” e “Torch Song Trilogy”.

Pelo jeito, Menken quer que Fierstein – com quem trabalhou na peça musical “Extra! Extra!” – voltasse a assumir uma personalidade feminina: ”Eu queria Harvey”, disse Menken em entrevista ao Gay Times, rindo. “Eu queria Harvey Fierstein para Úrsula. Eu mataria por isso!”

Posteriormente, o próprio Fierstein compartilhou uma notícia sobre o assunto, dizendo: “Ah, Alan, não precisa matar ninguém. Seu desejo é uma ordem”. E ainda fez uma referência à famosa canção da vilã de A Pequena Sereia: “Quanto ao resto de vocês…: Ah, corações infelizes”.


Harvey Fierstein em Hairspray.

E você, o que acha da ideia de Menken?

Vale lembrar que outras duas versões de A Pequena Sereia estão sendo produzidas em Hollywood: uma ”adaptação sombria” da Universal Pictures, que seria originalmente estrelada por Chloë Grace Moretz, e um filme voltado para o público familiar com Shirley MacLaine.

SOCIAL

ACOMPANHE-NOS