UA-83912875-1
Estúdio ao Vivo Rádio ao Vivo
Inicial Todas Curiosidades

Saiu o clipe novo da IZA! O vídeo é para a música “Pesadão”, também lançada nesta quinta (5/10). A faixa é a nova aposta da cantora e conta com participação de Marcelo Falcão – vocalista da banda O Rappa. “Pra mim, o Falcão é um dos nomes mais importantes da música brasileira, e eu não consigo acreditar que ele está nessa comigo. Então assim… tudo que eu quero ver é a galera curtindo muito essa música”, diz a cantora.

Assista:

IZA é contratada da Warner Music, mesma gravadora de Anitta e Ludmilla. Ela vem conquistando aos poucos seu espaço no mercado. No mês passado, cantou com CeeLo Green no Rock in Rio.

Seu álbum de estreia está caminhando para o lançamento. “O álbum esta saindo ainda esse ano. Vamos confirmar a data em breve. Mas sai esse ano. O álbum vem com muitas participações, além do Falcão. Aguardem!!”.

0 19

A empresa Parrot Analytics fez um estudo analisando streams, espectadores, engajamento e outros critérios para determinar quais seriam as séries com maior público de três grandes serviços de streaming: Netflix, Hulu e Amazon Prime.

A fórmula determinou que no caso da Netflix, as cinco séries mais populares são:

  1. Narcos
  2. Stranger Things
  3. Ozark
  4. Orange is the New Black
  5. Os Defensores

Na plataforma Hulu, o primeiro lugar não surpreende ninguém, né?

  1. The Handmaid’s Tale
  2. 11.22.63
  3. The Path
  4. Chance
  5. Harlots

E na Amazon Prime, a lista é a seguinte:

  1. The Man in the High Castle
  2. The Grand Tour
  3. Transparent
  4. Comrade Detective
  5. The Last Tycoon
parrot analytics

Nenhuma dessas plataformas divulga seus dados de audiência, então não dá para levar o estudo com 100% de certeza, até porque eles também não falaram o período analisado. A Netflix e a Amazon Prime estão disponíveis no Brasil; o Hulu não, mas a grande série do serviço, “The Handmaid’s Tale”, vai chegar no país pelo Paramount Channel no início de 2018.

0 20

Após os lançamentos do verão norte-americano assustarem os executivos de Hollywood com uma arrecadação baixa para o período, de maio a agosto, setembro veio com um grande alívio na forma de um palhaço assustador.

Com US$ 291 milhões arrecadados somente no mês de setembro, ‘It – A Coisa‘ ajudou o período a encerrar com bilheteria recorde.

Os lançamentos de setembro somaram US$ 694 milhões, valor US$ 70 milhões maior que o recorde anterior.

O período campeão até então era o mês de setembro de 2015, que fechou com US$ 620 milhõespor conta da bilheteria de ‘Hotel Transilvânia 2‘.

 

0 19

A Sony confirmou na última sexta-feira, 29 de setembro, que em 2019 será lançado mais um filme da franquia “Homens de Preto”.

De acordo com o site Deadline, desta vez, os atores Will Smith e Tommy Lee Jones não estarão presentes na obra. O roteiro ficará por conta de Art Marcum e Matt Holloway, que escreveram “Homem de Ferro” e “Transformers: O Último Cavaleiro”.

No comunicado à imprensa, o produtor Walter F. Parkes comentou: “É tão raro chegar ao final de um roteiro e saber que está segurando um filme em suas mãos – mas Art e Matt escreveram um spinoff que, de alguma maneira , é verdadeiro ao núcleo do mundo de ‘Homens de Preto’ e ainda expande a franquia para um novo lugar”.

Ainda não há maiores informações sobre a data exata de lançamento e o elenco.

0 25

Em entrevista à revista Billboard, Danny Elfman revelou que usou a trilha sonora criada por John Williams, para ‘Superman – O Filme’, em ‘Liga da Justiça’.

A canção, especificamente, é a música tema, que inclusive é uma das mais icônicas na história do cinema mundial.

“Há alguns momentos de fã. Adicionei a música tema da ‘Mulher-Maravilha’, que Hans Zimmercriou para ‘Batman V Superman’, mas tive dois minutos onde tive o prazer de dizer: ‘Vamos mexer na trilha do Superman de John Williams’. E para mim foi o paraíso, porque agora eu tenho uma melodia para brincar, e eu estou usando isso de uma maneira realmente muito sombria, em um momento sombrio. É o tipo de coisa que alguns fãs notarão. Outros não. É um momento que realmente não temos certeza de qual lado ele estará.”

 

Segundo o BoxOfficePro, especialistas acreditam que ‘Liga da Justiça‘ arrecadará em torno de US$ 150 milhões em seu primeiro final de semana nos EUA.

O valor o coloca atrás de ‘Batman vs Superman‘ (US$ 166 milhões) e na frente de ‘Esquadrão Suicida‘ (US$ 133 milhões) e ‘O Homem de Aço‘ (US$ 116 milhões).

Assim como aconteceu com ‘Batman vs. Superman‘, as primeiras reações a ‘Liga da Justiça‘ foram positivas.

A Warner Bros. realizou a primeira exibição-teste do filme essa semana. Apesar dos presentes assinarem embargo impedindo que contem o que acharam do filme, o Batman-News revelou que conversou com três pessoas que estiveram presentes e as reações foram positivas.

“Conversei com 3 pessoas que participaram da exibição-teste de Liga da Justiça. Eles amaram! ‘Épico’. Uma das pessoas não gostou de Batman vs Superman e Esquadrão Suicida, mas amou Liga da Justiça”.

‘Liga da Justiça’ tem estreia prevista para Novembro.

0 44

Britney Spears detém nada mais nada menos que o título de Princesa do Pop – o que significa, em outras palavras, que é a sucessora natural da Rainha Madonna. Obviamente, compositores e produtores se matam para conseguir emplacar músicas nos álbuns da cantora. Ao longo de sua carreira, Britney já lançou nove discos e um total de 42 singles, fora as participações em músicas alheias. É muito material, mas imagine a quantidade da faixas que foram oferecidas para ela e rejeitadas? É muita história para contar. O POPline separou dez casos para você. Confira:

1. Umbrella – Rihanna
É o caso mais famoso, talvez. Quando a equipe de Britney recebeu a demo, ela já tinha material suficiente para o álbum “Blackout”. “Não se sabe se Britney sequer ouviu a demo”, diz o compositor John Seabrook.

 

2. Telephone – Lady Gaga feat. Beyoncé
Acredite se quiser: o hit da Mother Monster foi oferecido para o álbum “Circus” da Princesa do Pop. “Eu escrevi a música para ela há muito tempo e ela simplesmente não usou. Tudo bem, porque amo a música e agora posso tocá-la”, Gaga disse em 2009. Tem até uma versão gravada pela Britney que circula na Internet…

3. Whiplash – Selena Gomez
Britney é uma das autoras dessa música. Ela é fruto do processo criativo para o álbum “Circus”. No entanto, ela não entrou no álbum e os colaboradores de Britney conseguiram emplacá-la no álbum “When the Sun Goes Down” da Selena.

 

4. Secret – Charli XCX
O produtor Jesse Saint John mandoua música para a agente de Britney Spears, que gostou da faixa e achou que a cantora poderia gravá-la. Mas isso demorou a acontecer, e Charli XCX pegou a música antes. As portas com Britney, no entanto, ficaram abertas e Jesse emplacou “Love Me Down” no álbum dela.

 

5. Graffiti My Soul – Girls Aloud
Segundo os produtores Xenomania, a ideia era que essa música fosse lançada por Britney com a girlband britânica. Existe uma versão gravada na voz da americana. Mas acabou que a faixa entrou só com Girls Aloud no álbum “What Will The Neighbours Say?” em 2004.

 

6. Sweet Dreams My LA Ex – Rachel Stevens
Olha que história! Essa música foi criada por Cathy Dennis como uma resposta de Britney para “Cry me a River” do Justin Timberlake, mas a cantora e sua equipe optaram por não gravá-la. Rejeitada, foi parar na mesa de Rachel, que gostou, gravou e lançou.

7. Look Who’s Talking Now – BoA
Antes de ser incluída no álbum de estreia de BoA em inglês, a música foi entregue para Britney, que colaborou com a letra e tudo. Ela gravou, mas não quis ficar com o material.

 

8. Fuego – Cheetah Girls
Britney chegou a gravar a versão original da música, em inglês, “Love 2 Love U”. Mas não lançou e os produtores passaram para o espanhol e emplacaram a faixa com o Cheetah Girls, da Disney.

9. Tall Boy – Har Mar Superstar
O produtor Greg Kurstin criou a música com Har Mar Superstar e ofereceu para Britney. Ela declinou o material e Har Mar acabou lançando em sua voz mesmo.

10. State of Grace – Christophe Willem
Britney chegou a entrar em estúdio para gravar a músicapara o álbum “Blackout”, mas acabou descartando-a. Sua versão também circula na Internet.

 

Outubro está chegando e com ele mais uma leva de lançamentos da Netflix. No finzinho do mês estreia a tão esperada segunda temporada de “Stranger Things”, com seus 9 novos episódios e mais paradas sinistras.

Tem ainda novas temporadas de “Designated Survivor”, “Suits”, “Arrow”, e “The Flash”.

Entre os filmes estão a animação “Frozen”, para cantarmos “Let it Go” eternamente, e o elogiado terror “Ao Cair da Noite”.

Veja a lista completa!

Séries

“Peaky Blinders” – Temporadas 1 a 3 – 1/10
“Designated Survivor” – Temporada 2 – 6/10
“Suburra” – Temporada 1 – 6/10
“Arrow” – Temporada 5 – 7/10
“Dynasty” – Temporada 1 – 12/10
“Mindhunter” – Temporada 1 – 13/10
“Criminal Minds” – Temporada 12 – 15/10
“The Fosters” – Temporada 4 – 15/10
“The Flash” – Temporada 3 – 20/10
“Suits” – Temporada 7 (episódios 1 a 10) – 20/10
“Stranger Things” – Temporada 2 – 27/10

Filmes, documentários e especiais

“The Story of Diana” – Temporada 1 – 5/10
“It was Fifty Years Ago Today! The Beatles: Sgt Pepper and Beyond” – 5/10
“A Morte e vida de Marsha P. Johnson” – 6/10
“Meus 15 Anos” – 12/10
“Nosso Reino” – 13/10
“A Babá” – 13/10
“Os Meyerowitz: Família Não se Escolhe” – 13/10
“Frozen: Uma Aventura Congelante” – 15/10
“Fala Comigo” – 15/10
“Evereste” – 15/10
“Shaun, O Carneiro” – 15/10
“Ouro” – 17/10
“1922” – 20/10
“Whellman” – 20/10
“One of Us” – 20/10
“Quando Conheci El Chapo” – 20/10
“Ao Cair da Noite” – 24/10

0 31

“The Handmaid’s Tale”, uma das grandes vencedoras do Emmy 2017, ganhou um canal de exibição no Brasil. O Paramount Channel anunciou nesta segunda-feira (18), através de seu Twitter e site oficial, que irá exibir a série por aqui.

O canal não informa a data de estreia, apenas indica que acontecerá no início de 2018.

A série é uma produção do serviço americano de streaming Hulu. “The Handmaid’s Tale” levou cinco prêmios Emmy neste domingo (17), incluindo melhor série de drama, melhor atriz em série de drama (Elisabeth Moss) e melhor atriz coadjuvante em série de drama (Ann Dowde).

Com troféus dados na semana passada, como o de Alexis Bledel por atriz convidada, são oito no total. É a primeira vez que um serviço de streaming (Hulu) leva o prêmio principal do Emmy!

0 34

presentada por Stephen Colbert, a 69ª edição da premiação de TV coroou “The Handmaid’s Tale” e “Big Little Lies” como as grandes séries vencedoras! Produções que falam sobre assuntos importantíssimos!

“The Handmaid’s Tale”, da plataforma Hulu, levou cinco prêmios, incluindo melhor série de drama, melhor atriz em série de drama (Elisabeth Moss) e melhor atriz coadjuvante em série de drama (Ann Dowde).

Com troféus dados na semana passada, como o de Alexis Bledel por atriz convidada, são oito no total. É a primeira vez que um serviço de streaming (Hulu) leva o prêmio principal do Emmy! A Netflix deve estar se arrependendo de ter deixado passar a série…

Margaret Atwood, autora do livro homônimo, esteve lá e subiu ao palco junto com a equipe da série! Maravilhosa!

“Big Little Lies”, da HBO, também venceu cinco categorias — melhor série limitada ou filme para a TV, melhor atriz em série limitada ou filme para a TV (Nicole Kidman), melhor atriz e ator coadjuvante em série limitada ou filme feito para a TV (Laura Dern e Alexander Skarsgård) e melhor roteiro em série limitada ou filme feito para a TV (Jean-Marc Vallée). Contando com as categorias técnicas apresentadas na semana passada, são oito prêmios no total.

E ponto para “This Is Us”: Sterling K. Brown foi escolhido o melhor ator em série de drama! Ele é o primeiro negro a vencer essa categoria desde Andre Braugher em 1998, com “Homicide: Life on the Street”.

69th Annual Primetime Emmy Awards - Show

Nas categorias de comédia, “Veep” (a melhor série!) e “Atlanta” arrasaram, assim como “Saturday Night Live” e seus atores Kate McKinnon e Alec Baldwin.

Ah, e uma menção ao episódio “San Junipero”, de “Black Mirror”, que ganhou as duas categorias que concorria!

Vale destacar: Lena Waithe e Donald Glover fizeram história! Lena é a primeira mulher negra a vencer o prêmio de melhor roteiro em série de comédia (“Master of None”, episódio “Thanksgiving”, com Aziz Ansari), enquanto Glover é o primeiro negro a levar a categoria de melhor direção em série de comédia, por “Atlanta”. <3

Confira a lista com os principais vencedores!

Melhor Série de Drama

Better Call Saul
The Crown
The Handmaid’s Tale
House of Cards
Stranger Things
This Is Us
Westworld

Melhor Série de Comédia

Atlanta
Black-ish
Master of None
Modern Family
Silicon Valley
Unbreakable Kimmy Schmidt
Veep

Melhor Ator de Drama

Sterling K. Brown (This Is Us)
Anthony Hopkins (Westworld)
Bob Odenkirk (Better Call Saul)
Matthew Rhys (The Americans)
Liev Schreiber (Ray Donovan)
Kevin Spacey (House of Cards)
Milo Ventimiglia (This Is Us)

Melhor Atriz de Drama

Viola Davis (How to Get Away With Murder)
Claire Foy (The Crown)
Elisabeth Moss (The Handmaid’s Tale)
Keri Russell (The Americans)
Evan Rachel Wood (Westworld)
Robin Wright (House of Cards)

Melhor Ator de Comédia

Anthony Anderson (Black-ish)
Aziz Ansari (Master of None)
Zach Galifianakis (Baskets)
Donald Glover (Atlanta)
William H. Macy (Shameless)
Jeffrey Tambor (Transparent)

Melhor Atriz de Comédia

Pamela Adlon (Better Things)
Ellie Kemper (Unbreakable Kimmy Schmidt)
Allison Janney (Mom)
Julia Louis-Dreyfus (Veep)
Tracee Ellis Ross (Black-ish)
Lily Tomlin (Grace and Frankie)
Jane Fonda (Grace and Frankie)

Melhor Ator Coadjuvante em Série de Drama

John Lithgow (The Crown)
Jonathan Banks (Better Call Saul)
Mandy Patinkin (Homeland)
Michael Kelly (House of Cards)
David Harbour (Stranger Things)
Ron Cephas Jones (This Is Us)
Jeffrey Wright (Westworld)

Melhor Atriz Coadjuvante em Série de Drama

Samira Wiley (The Handmaid’s Tale)
Ann Dowd (The Handmaid’s Tale)
Uzo Aduba (Orange is the New Black)
Millie Bobby Brown (Stranger Things)
Chrissy Metz (This Is Us)
Thandie Newton (Westworld)

Melhor Ator Coadjuvante em Série de Comédia

Alec Baldwin (Saturday Night Live)
Louie Anderson (Baskets)
Ty Burrell (Modern Family)
Tituss Burgess (Unbreakable Kimmy Schmidt)
Tony Hale (Veep)
Matt Walsh (Veep)

Melhor Atriz Coadjuvante em Série de Comédia

Vanessa Beyer (Saturday Night Live)
Kate McKinnon (Saturday Night Live)
Leslie Jones (Saturday Night Live)
Anna Chlumsky (Veep)
Judith Light (Transparent)
Katheryn Hahn (Transparent)

Melhor Série Limitada

Big Little Lies
Fargo
Feud
Genius
The Night Of

Melhor Filme feito para TV

The Wizard of Lies
Black Mirror: San Junipero
Dolly Parton’s Christmas of Many Colors: Circle of Love
The Immortal Life of Henrietta Lacks
Sherlock: The Lying Detective

Melhor Ator em Série Limitada ou Filme feito para TV

Riz Ahmed (The Night Of)
Benedict Cumberbatch (Sherlock: The Lying Detective)
Robert De Niro (The Wizard of Lies)
Ewan McGregor (Fargo)
Geoffrey Rush (Genius)
John Turturro (The Night Of)

Melhor Atriz em Série Limitada ou Filme feito para TV

Carrie Coon (Fargo)
Felicity Huffman (American Crime)
Nicole Kidman (Big Little Lies)
Jessica Lange (Feud: Bette and Joan)
Susan Sarandon (Feud: Bette and Joan)
Reese Witherspoon (Big Little Lies)

Melhor Ator Coadjuvante em Série Limitada ou Filme feito para TV

Alexander Skarsgård (Big Little Lies)
David Thewlis (Fargo)
Alfred Molina (Feud: Bette and Joan)
Stanley Tucci (Feud: Bette and Joan)
Bill Camp (The Night Of)
Michael K. Williams (The Night Of)

Melhor Atriz Coadjuvante em Série Limitada ou Filme feito para TV

Regina King (American Crime)
Shailene Woodley (Big Little Lies)
Laura Dern (Big Little Lies)
Judy Davis (Feud: Bette and Joan)
Jackie Hoffman (Feud: Bette and Joan)
Michelle Pfeiffer (The Wizard of Lies)

A lista completa dos vencedores pode ser acessada aqui.

0 48

O Emmy Awards está chegando e você está perdido nas indicações? Ainda está torcendo para Game of Thrones (que nem retornou a tempo de ser indicada)?

Chegou a hora de analisar cada uma das principais categorias do Emmy e (tentar) prever quais serão os favoritos da Academia de Artes e Ciências Televisivas. Para começar essa série de matérias especiais, o primeiro texto vai falar sobre as categorias de shows dramáticos. Pegue papel e caneta, faça sua torcida e comente quais são suas apostas!

Sob o comando de Stephen Colbert, o Emmy Awards 2017 acontece no próximo domingo (17/09), sendo exibido no Brasil pela TNT, a partir de 20 horas.

Melhor Série de Drama

Better Call Saul (AMC)
Stranger Things (Netflix)
House of Cards (Netflix)
The Crown (Netflix)
The Handmaid’s Tale (Hulu)
This Is Us (NBC)
Westworld (HBO)

Dá para resumir a disputa deste ano em uma palavra… Bagunça!

Sem Game of Thrones, cinco candidatos tem fortes chances de levar o prêmio para casa. Normalmente, Westworld seria a favorita, pois tem o maior número de indicações (22 no total e já levou 5). Porém, a popularidade de Stranger Things conseguiu superar os preconceitos sofridos pelas ficções científicas, levou o SAG Awards e também ganhou cinco prêmios nas categorias técnicas do Emmy. Além disso, quem não gostaria de ver aquelas crianças fofas surtando ao subir no palco?

A grande pedra no sapatos de ambos os shows? This Is Us preenche todos os requisitos necessários para levar a melhor. Elenco talentoso, uma trama aprovadíssima pela crítica e fenômeno de popularidade. O que realmente pode dar a vitória para o drama criado por Dan Fogelman é o fato dele ser a primeira série de tv aberta indicada na categoria desde 2011.

Definitivamente, a obra mais ousada do ano é The Handmaid’s Tale, com um roteiro tenso e (infelizmente) relevante até demais nos dias atuais – além de excelentes performances e um impecável trabalho de fotografia e direção. Por fim, The Crown tambem virou queridinha da crítica com um incrível trabalho para reconstruir a vida da família real britânica. Nenhuma das duas deveria ser descartada.

Quem (provavelmente) vai ganhar: This is Us? Stranger Things? The Handmaid’s Tale? Realmente, esse ano está bizarro…
Quem deveria ganhar: The Handmaid’s Tale

Melhor Atriz em Série de Drama

Claire Foy (The Crown)
Elisabeth Moss (The Handmaid’s Tale)
Evan Rachel Wood (Westworld)
Keri Russell (The Americans)
Robin Wright (House of Cards)
Viola Davis (How to Get Away with Murder)

Até pouco tempo, Claire Foy era a grande favorita, já que levou o Globo de Ouro e o SAG Awards. Até que chegou The Handmaid’s Tale… Além de construir uma das personagens mais complexas do ano, Moss lida com diversos close-ups em seu rosto e trabalha como narradora da trama – conciliando ambas as funções de maneira arrepiante. Apesar de uma certa polêmica envolvendo a cientologia, essa pode ser a grande chance da academia premiar a atriz, já indicada seis vezes por Mad Men, sem nenhuma vitória.

SOCIAL

ACOMPANHE-NOS