UA-83912875-1
Estúdio ao Vivo Rádio ao Vivo
Inicial Últimas Notícias

Uma pesquisa realizada pelo CadastroGeral de Empregados e Desempregados (CAGED) referente ao mês de junho de 2016 mostrou que o Piauí continua sendo o estado que menos desemprega no nordeste apesar do cenário negativo na economia. Com números de desligamentos muito abaixo dos outros estados o Piauí contou com os menores índices do mês.

A atualização do CAGED comprova que o estado se mantém estável apesar dos problemas causado pela crise econômica no país, mostrando que o problema pode se tornar oportunidades em algumas áreas.

Para que os números do Piauí sejam cada vez mais positivos a Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Setre) por meio do Governo do Estado, realiza diversos projetos para fomentar a economia e a empregabilidade no estado. Um dos programas é o Setre nos municípios, que qualifica pessoas que estão fora do convívio social ou desempregados, na área de construção civil e embelezamento através de quatro caminhões itinerantes que circulam todo o Piauí.

Através desse programa a secretaria também qualifica detentos nas penitenciárias, buscando recolocá-los no mercado de trabalho e dar uma nova chance de vida aos mesmos.

Para o Secretário de Estado do Trabalho e Empreendedorismo, Gessivaldo Isaías os números dos Caged dão visibilidade também aos incentivos e investimentos que o governo realiza para mudar a realidade do desemprego. “A Setre busca trabalhar todos os dias para combater o desemprego e incentivar os novos negócios e o governador Wellington Dias é nosso grande aliado nessa luta firmando apoio através do governo. Para aumentar a empregabilidade, realizamos diversas atividades incluindo cursos de qualificação gratuitos e feiras da economia solidária, assim buscamos controlar os números negativos e deixar o Piauí a frente dos outros estados do nordeste de forma positiva. Vimos agora que a pesquisa comprova que o esforço está dando resultados”, ressaltou o secretário.

Em relação aos números de desemprego no mês de junho de 2016, o Piauí se manteve em menor índice geral com (0,03%) seguido pelo Maranhão com saldo positivo/negativo zerado e pelo Ceará com (-0.16%). Os números mostram que no setor de atividade econômica o estado tem se destacado dentro do país.

Neste fim de semana, dois dos principais nomes que se enfrentarão na campanha pela Prefeitura de Teresina, realizaram suas convenções.

No sábado (30/07) o prefeito Firmino Filho (PSDB) reuniu pelo menos 18 partidos em tono do apoio a seu nome na disputa pela reeleição. A festa tucana aconteceu no Atlantic City, e teve no palanque nomes como o senador Ciro Nogueira, o ex-prefeito da capital Sílvio Mendes, o ex-governador Freitas Neto e o ex-ministro João Henrique.

O prefeito terá como vice para a disputa o nome do professor Luis Júnior (PMDB), um técnico, ex-reitor da Universidade Federal do Piauí.

Ontem, domingo, foi a vez do deputado Dr. Pessoa reunir seus aliados em torno da homologação de sua candidatura a prefeito de Teresina. Trouxe para o palanque o Ministro da Ciência e Tecnologia Gilberto Kassab.

Sua vice na chapa é a Coronel Julia Beatriz.

0 113

    A Polícia Federal informou nesta sexta-feira (22) que os dez presos da Operação Hashtagforam levados para o presídio federal de Campo Grande. A unidade é de segurança máxima e recebe presos de alta periculosidade. Os presos são suspeitos, segundo o MInistério da Justiça, de terem realizado “atos preparatórios” visando ações terroristas

As prisões, realizadas a 15 dias da olimpíada, foram as primeiras no Brasil com base na recente lei antiterrorismo, sancionada em março pela presidente afastada, Dilma Rousseff. Também foram as primeiras detenções por suspeita de ligação com o grupo terrorista Estado Islâmico, que atua no Oriente Médio, mas tem cometido atentados em várias partes do mundo.

Segundo o ministério, alguns dos investigados na operação chegaram a fazer um juramento virtual ao grupo, no qual repetiam palavras de uma gravação, mas não tiveram contato com membros do Estado Islâmico. Para as autoridades brasileiras, os presos são uma “célula absolutamente amadora” e sem “nenhum preparo”.

Quatro pessoas foram presas no estado de São Paulo, uma no Amazonas e outra no Paraná. As restantes foram presas no Rio Grande do Sul, no Rio de Janeiro, no Ceará e na Paraíba.

Outras duas pessoas têm mandado de prisão, mas ainda não foram detidas pela polícia. Na quinta (21),  o governo informou que já rastreia esses suspeitos e deve prendê-los “em breve”.

Além das prisões, foram cumpridos 19 mandados de busca e apreensão em dez estados – São Paulo (8); Goiás (2); Amazonas (2); Rio Grande do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Paraíba, Ceará, Minas Gerais e Mato Grosso (um em cada). Houve ainda duas conduções coercitivas, em São Paulo e Minas Gerais.

0 90

A Policia Militar foi acionada por volta das 23h desta terça-feira (19) para averiguar uma mala que havia sido deixada próxima ao Banco Central e ao Consulado Francês na região da Avenida Paulista.

Equipes do esquadrão antibombas e do Corpo de Bombeiros foram acionadas e a Rua Ministro Rocha Azevedo foi isolada.

Um robô foi utilizado para detectar o que havia dentro da mala e nenhum explosivo foi encontrado, apenas roupas, um caderno e uma bandeira do Brasil.

0 142
A vida não está fácil para Taylor Swift. Depois de tretas com o ex Calvin Harris e com o o casal Kim Kardashian e Kanye West tomarem a internet, agora a cantora está sendo acusada de tentar separar o Fifth Harmony.

É que a tia de Dinah Jane, que faz parte do grupo, decidiu comentar toda a polêmica envolvendo Taylor e ainda disse que a cantora está tentando separar Camila Cabello do 5H.

“Eu sempre soube que Taylor Swift era uma cobra! Tentando separar minhas garotas e usando Camila Cabello como sua protegida. Vadia, tchau! Você foi exposta!”, dizia o tuíte dela. Eita!

taylor-swift-fifth-harmony81357

Vale lembrar que, apesar de Camila ser do squad de Taylor, as cinco meninas cantaram com a loira durante a 1989 Tour.

Depois da polêmica, o tuíte da tia de Dinah foi apagado e ela revelou que tinha sido hackeada. Será?

https://twitter.com/leilani292/status/755352891284611075

 

0 740

A Justiça do Rio de Janeiro decidiu que o WhatsApp seja bloqueado em todo o Brasil, informou nesta terça-feira (19). As empresas de telefonia foram notificadas após o Facebook se recusar a cumprir uma decisão judicial para fornecer informações para uma investigação policial.

A decisão tomada pela juíza Daniela Barbosa manda as operadoras suspenderem o acesso imediatamente. Segundo a GloboNews, as provedoras de conexão foram notificadas da decisão por volta das 11h30.

Segundo Barbosa, o Facebook, empresa proprietária do WhatsApp, foi notificado três vezes para interceptar mensagens que seriam usadas em uma investigação policial em Caxias, na Baixada Fluminense.

Não é a primeira vez que um tribunal decide pela suspensão do acesso ao aplicativo no Brasil. Um dos bloqueios anteriores ocorreu em dezembro de 2015, quando a Justiça de São Paulo ordenou que as empresas impedissem a conexão por 48 horas  em represália ao WhatsApp ter se recusado a colaborar com uma investigação criminal. O aplicativo ficou inacessível por 12 horas e voltou a funcionar por decisão do Tribunal de Justiça de SP.

Bloqueio em maio
A investigação que culminou no bloqueio do em maio deste ano foi iniciada após uma apreensão de drogas na cidade de Lagarto, a 75 km de Aracaju.

O juiz Marcel Montalvão pediu em novembro de 2015 que o Facebook informasse o nome dos usuários de uma conta no WhatsApp em que informações sobre drogas eram trocadas. As informações desse processo corriam em segredo de Justiça.

Segundo o delegado Aldo Amorim, membro da Diretoria de Combate ao Crime Organizado da Polícia Federal em Brasília, a investigação foi iniciada em 2015 e esbarrou na necessidade informações relacionadas às trocas de mensagens via WhatsApp, que foram solicitadas ao Facebook. A empresa não cumpriu a decisão.

0 128

O Apresentador Carlos Roberto Massa, mais conhecido pelo apelido de ‘Ratinho’, foi condenado pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), em manter funcionários em situação escrava em sua fazenda que fica em Limeira do Oeste, em Minas Gerais.

266203-970x600-1-690x427

Além da carga horária de trabalho extensa, os funcionários se alimentavam dentro de banheiros ou na lavoura, o apresentador também não fornecia equipamentos de segurança e alojamento para os trabalhadores. Ratinho pagará R$ 200 mil por danos morais coletivos.

ACOMPANHE-NOS