UA-83912875-1
Estúdio ao Vivo Rádio ao Vivo
Inicial Todas Música
Featured posts

0 99

Marisa Monte inaugura em breve um novo momento da sua trajetória. O longo contrato com a gravadora EMI, que tornou-se Universal Music, chega ao fim em 2016. Desde a assinatura, em 2000, estava programado o lançamento de uma coletânea no formato the best of. “Naquela época, tinha essa previsão e, ao mesmo tempo, uma demanda dos fãs”, conta a cantora e compositora carioca.

Porém, com o passar dos anos, ela chegou à conclusão, em diálogo com a companhia, de que aquele formato não era o mais adequado, face as novas tecnologias de difusão e consumo da música com o streaming e a ampliação do acesso à internet.

“De lá para cá perdeu completamente o sentido fazer um disco de êxitos comerciais. Hoje cada um faz a sua playlist com as suas músicas preferidas. O consumo se tornou mais individual”.  Partindo desse entendimento, Marisa começou no ano passado a elaboração de Coleção, álbum que chegou às lojas físicas e às plataformas digitais em abril com 13 músicas, todas gravadas anteriormente em projetos paralelos à sua discografia.

Para isso, não foi necessário garimpar, afinal, os últimos dois anos de Marisa foram de intenso trabalho na digitalização das suas canções. O desafio maior acabou sendo a seleção, em um universo de 40 faixas, do que iria fazer parte da obra.

“Fiz várias rodadas de escuta, procurando uma atmosfera comum. Um olhar meu que representasse todo um arco de tempo da minha carreira, desde noventa e poucos até agora. E as relações que fui travando com outros artistas e que refletiram no meu trabalho”.

Repertório

Músicas de origem latina, como Fumando Espero (Juan Viladomat Masanas e Félix Garzo), tango argentino já conhecido no Brasil na voz de Dalva de Oliveira, em versão de Eugenio Paes, e Ilusão (Ilusión), canção da mexicana Julieta Venegas, integram o repertório. “Fumando Espero é um clássico portenho, que tem umas duzentas gravações. É tipo a Garota de Ipanema da Argentina”, compara.

A Coleção de Marisa também traz registros para o cinema, como Cama, parceria com Carlinhos Brown e Arnaldo Antunes, e Carinhoso, de Pixinguinha e João de Barro. Enquanto a primeira é trilha do filme Era Uma Vez…, de Breno Silveira, a segunda foi gravada para o documentário Meu Tempo É Hoje, de Izabel Jaguaribe, sobre o sambista Paulinho da Viola. “Gosto muito dessa gravação só com o violão do Paulinho e  a minha voz, é simples e tão grandioso”.

As parcerias com David Byrne, em Waters Of March, versão em inglês da canção de Tom Jobim, e Devendra Banhart  e Rodrigo Amarante, em Nu Com Minha Música, de Caetano Veloso   –  ambas para o  projeto beneficente Red Hot + Rio –    foram incluídas.

O lançamento de Coleção não será acompanhado de  turnê. Apesar da menor frequência nos palcos, Marisa conta que em julho fará temporada de férias com a cantora e compositora Carminho, em Portugal. Esse, aliás, foi o motivo, segundo ela, da recusa do convite para um show na abertura das Olimpíadas do Rio de Janeiro, especulado como  possível reencontro dos Tribalistas.

“Quando ouve uma sondagem da possibilidade não era nem os Tribalistas, era uma participação maior, tinha outras coisas que não posso falar porque tem contrato de confidencialidade. E eu não tinha agenda, estava comprometida com essa turnê com Carminho. Porém, ao invés de ser essa a notícia, saiu de um jeito esquisito: ‘Marisa não quer cantar com os Tribalistas'”.

Transformação Individual

Próxima dos 50 anos, a cantora diz que na divulgação de Coleção tem sido muito questionada sobre o seu posicionamento no processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, o que tem lhe incomodado. Imediatamente, ela completa dizendo que uma resposta, a favor ou contra, na sua opinião, é reduzida. Isso, no entanto, não significa ausência de opinião.

“Não consigo tomar um lado nem o outro, mas também não consigo ser isenta. Esse clima de polarização não me agrada. É um pensamento  simplista, que não ajuda, porque entre uma coisa e outra existe uma complexidade enorme”, defende Marisa, que, na semana passada, visitou, ao lado do amigo e vizinho Dadi, uma escola no Rio de Janeiro  ocupada por jovens que batalham por mais qualidade na educação pública. Eles tocaram quatro músicas para os garotos.

“Quando cheguei lá foi uma alegria, muito emocionante.  Encontrei amor, que é uma coisa  que não tem hoje na política brasileira. Então, acredito na micropolítica, na transformação de cada um. Tenho esperança na mudança individual”.

0 299

Eita! Parece que essa estreia de Selena Gomez na “Revival Tour” já está rendendo muito mais do que apenas uma música inédita. A cantora eOrlando Bloom, namorado de Katy Perry, foram flagrados no maior clima de intimidade pelo site TMZ, em uma boate em Las Vegas, nos Estados Unidos, neste último sábado (7).

De acordo com o site, a intérprete de “Same Old Love” teria seguido para o clube logo após o show que fez na cidade. Enquanto o ator, por sua vez, teria chegado ao local de surpresa. Nas fotos divulgadas pela publicação, é possível observar os dois trocando alguns carinhos, como abraços e coisas do tipo. Porém, no final das contas, a artista teria ido embora sozinha.

Selena e Orlando já foram apontados como um casal em meados de 2014, mas nunca confirmaram a informação. Inclusive, dizem as más línguas que esse pode ser um dos motivos para aquela tal briga entre o ator e Justin Bieber, ex-namorado da cantora.

 

 

Lembrando que, até que se prove o contrário, o astro de “Piratas do Caribe” eKaty Perry ainda estão em um relacionamento. Os pombinhos vivem andando de mãos dadas por aí e, inclusive, chegaram juntos ao MET Gala 2016, no último dia 2 de maio. Será que tem caroço nesse angu, gente?!

 

 

0 102

1. Taylor Swift

 

Reprodução/COSMOPOLITAN

Quanto faturou: 73,5 milhões de dólares.

 

2. Kenny Chesney

 

Reprodução/COSMOPOLITAN

Quanto faturou: 39,8 milhões de dólares.

 

3. The Rolling Stones

 

Reprodução/COSMOPOLITAN

Quanto faturou: 39,6 milhões de dólares.

 

4. Billy Joel

 

Reprodução/COSMOPOLITAN

Quanto faturou: 31,7 milhões de dólares.

 

5. One Direction

 

Reprodução/COSMOPOLITAN

Quanto faturou: 24,2 milhões de dólares.

 

6. Grateful Dead & Company

 

Reprodução/COSMOPOLITAN

Quanto faturou: 23,8 milhões de dólares.

 

7. Luke Bryan

 

Reprodução/COSMOPOLITAN

Quanto faturou: 23,1 milhões de dólares.

 

8. U2

 

Reprodução/COSMOPOLITAN

Quanto faturou: 21,8 milhões de dólares.

 

9. Adele

 

Reprodução/COSMOPOLITAN

Quanto faturou: 20,5 milhões de dólares.

 

10. Maroon 5

 

Reprodução/COSMOPOLITAN

Quanto faturou: 19,2 milhões de dólares.

0 135

O cantor americano Justin Timberlake lançou nesta quinta-feira (5) o single “Can’t stop the feeling!”. A faixa está na trila sonora de “Trolls”, a nova animação da DreamWorks, que tem previsão de estrear em novembro no Brasil.

https://www.youtube.com/watch?v=p5RobDomh5U&feature=youtu.be

O clipe de “Can’t stop the feeling!” tem participação de artistas que dublam personagens do longa, caso do próprio Justin. Além dele, aparecem Gwen Stefani, Anna Kendrick, James Corden, Ron Funches, Kunal Nayyar (o Raj da série “The Big Bang Theory”) e as integrantes da dupla sueca Icona Pop.

O site oficial de Justin Timberlake informa ainda que há participações especiais de amigos e familiares do artista.

A produção de “Can’t stop the feeling!” é assinada por Justin, Max Martin e Shellback.

0 116

O cantor Luiz Melodia é a próxima atração do projeto “Seis e Meia”. O show será no dia 10 de maio, no Theatro 4 de Setembro, e a abertura local fica por conta do piauiense Gomes Brasil. Os ingressos para o show podem ser adquiridos a partir desta quinta-feira (05), por R$ 25,00 (meia) e R$ 50,00 (inteira), na bilheteria do Theatro 4 de Setembro e Toccata.

Luiz Melodia vai trazer para Teresina o show intitulado “Luiz Melodia Trio”, em que o artista mostra todo o swing interpretando seus maiores sucessos, como “Pérola Negra”, “Magrelinha”, “Estácio, eu e você”, “Juventude Transviada” e “Negro gato” que embora não seja de sua autoria, foi responsável por apelidar o artista. Acompanhado do músico piauiense Renato Piau, seu violão e braço direito no palco, Melodia se reinventa a cada apresentação tornando sempre uma surpresa os sucessos consagrados.

O projeto Seis e Meia é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Cultura (Secult). Todos os meses uma atração nacional e uma atração local se apresentam no palco do Theatro 4 de Setembro, sendo que desta vez, quem fará a abertura da noite é Gomes Brasil, uma das mais poderosas vozes do Piauí.  Atualmente, o artista integra a banda Regaplanta que possui composições autorais e tocam reggae, hip hop, rap e blues.

Para a coordenadora do Projeto Seis e Meia, Laurenice França, a intenção é agradar o público de todas as idades e variados gostos musicais. “Estamos ouvindo opiniões e tentando agradar ao público de todas as idades. Estamos em contato com a produção de vários artistas para tentarmos fechar os próximos shows”, diz Laurenice.

Renato Piau

Renato Piau acompanhará Luís Melodia no Projeto Seis & Meia, dia 10 de maio, no Theatro 4 de Setembro. Piauiense, nascido em Teresina, Piau é instrumentista, compositor, cantor. No início da década de 1970, mudou-se para o Rio de Janeiro a convite do poeta Torquato Neto, com quem iniciou parceria.

Como guitarrista e violonista acompanhou boa parte dos artistas da MPB. Fundou a editora musical e gravadora Guitarra Brasileira, pela qual lançou vários discos de artistas brasileiros.

Na década de 1970, acompanhou Raul Seixas, Sérgio Sampaio, Luiz Gonzaga, Fagner, Nana Vasconcelos, Chuck Berry, Sandra de Sá, Ron Carter, Tânia Maria, Baiano e os Novos Caetanos, Zé Ramalho, entre muitos outros. Amigo de Tim Maia, também esteve presente em momentos da carreira do rei do soul brasileiro. Compôs, com Chico Anísio e Arnaud Rodrigues, várias músicas gravadas pela dupla Baiano e Os Novos Caetanos, com a qual viajou em turnê. Com Melodia foi parceiro na canção “Me beija”.

0 132

Um olhar sem filtros para a vida de Rihanna e como chegou a ícone mundial», é assim que a produtora Film 45 descreve o documentário sobre Rihanna que deverá sair brevemente.

O filme vai debruçar-se sobre a ascensão da cantora porto-riquenha a estrela mundial e ícone de moda, mostrando a sua vertente de artista, mulher de negócios e também o seu lado humanitário.

Rihanna não é pioneira na apresentação de documentários. Outros artistas já a precederam na apresentação de um formato que mostra o lado mais real e humano dos artistas.

Aos 28 anos, a cantora soma sucessos. Recentemente, quebrou o record dos The Beatles, ao conseguir estar 60 semanas como número 1, no conjunto das suas várias músicas, no top ‘Billboard Hot 100’.

Foi, aliás considerada a celebridade que melhor vende marcas, num estudo realizado por uma consultora internacional.

Para além da sua vertente de artista, Rihanna é um ícone de moda. É embaixadora ediretora criativa da Puma; foi a primeira mulher negra a dar a cara pela Dior, em 2015; tem o seu próprio perfume, o RiRi; uma parceria para uma coleção exclusiva com a Manolo Blahnik; e anunciou recentemente que vai lançar uma nova linha de produtos demaquilhagem com a Kendo, uma das divisões da Louis Vuitton.

0 126

Eddie Vedder e Beyoncé vão unir forças e lançar a versão de “Redemption song”, de Bob Marley, em single especial do Pearl Jam. O cover foi gravado em setembro de 2015 quando a dupla se apresentou em festival nova-iorquino e traz discurso de Nelson Mandela no meio da faixa.

O hino pacifista vai fazer parte da nova edição do “Ten Club Holiday Single”, compacto que a banda liderada por Vedder distribui para membros de seu fã-clube. O lado A terá a regravação de “Wishing Well”, originalmente da banda Free, e o lado B a versão de Bob Marley.

Beyoncé acabou de lançar seu novo álbum, “Lemonade”, e agora está realizando os primeiros shows da turnê “Formation”. O Pearl Jam está em longa turnê divulgando “Lightning Bolt” (2013), seu álbum mais recente.

0 312

Os fãs da Anitta podem ir segurando os forninhos, pois se depender da estrela pop, vai ter muita novidade de tirar o fôlego vindo por aí. Aliás, foi na intenção de causar o maior mistério entre os seus anitters que a própria divulgou, na manhã desta quarta-feira (4), uma foto onde aparece com um look super retrô (que remete um pouco o estilo do clipe “Deixa Ele Sofrer”) em suas redes sociais. Sem nenhuma legenda ou algum possível anúncio, bastou a publicação viralizar no Facebook para todo mundo acreditar em um possível novo clipe. Será?

Bom, se a imagem de fato é um gostinho do que vem por aí na super produção nós ainda não sabemos. Mas tudo indica que o single “Cravo e Canela” – faixa anunciada pelo jornalista Bruno Astuto como a próxima música de trabalho do disco “Bang” a ganhar um vídeo explosivo – pode ser a canção escolhida pela estrela pop para mais uma produção incrível do diretor Giovanni Bianco.

 

Uma coisa é certa: a musa teen promete causar com o quarto clipe de trabalho deste novo álbum, né breakers? A música, aliás, é uma parceria incrível da Anitta com o talentoso Vitin, vocalista da banda Onze:20. Agora é só torcer para que todo este mistério seja mesmo sobre um lançamento de tirar o fôlego!

 

0 186

Canção faz parte do novo álbum da cantora

O clipe de “Me Espera’‘ é uma das produções mais emocionantes da música brasileira. Tiago Iorc e Sandy conseguiram tocar o público na música. A música foi lançada no programa Superstar no último domingo (01), com uma apresentação ao vivo. A canção está no álbum “Meu Canto”, de Sandy, e estará na turnê de mesmo nome que estreia dia 5 de maio, em São Paulo.”Me Espera” é de composição de Sandy, Tiago e Lucas Lima.

https://www.youtube.com/watch?v=zBUurckfIiE

0 291

Radio Disney Music Awards 2016 rolou na noite de sexta-feira (30) e ainda tem muita fanbase por aí se gabando da vitória de seus ídolos. Taylor Swiftque atualmente está em pausa na carreira, se consagrou como a maior vencedora da noite. Nomes como Fifth Harmony e One Direction também ganharam prêmios. Veja a lista completa dos ganhadores logo abaixo:

Canção do Ano: Taylor Swift – “Bad Blood
Melhor Grupo: Fifth Harmony
Melhor Artista Feminina: Selena Gomez
Melhor Artista Masculino: Ed Sheeran
Melhor Banda: 5 Seconds of Summer
Melhor Canção de Amor: One Direction – “Perfect
Artista Mais Falado da Rádio Disney: Taylor Swift
Artista com Melhor Estilo: Becky G
Fãs Mais Ferozes: Harmonizers (Fifth Harmony)
Melhor Música para Dançar: Ariana Grande – “Focus
Melhor Canção que Te Faz Sorrir: Meghan Trainor – “Better When I’m Dancing
Melhor Canção para Dublar: Justin Bieber – “What Do You Mean
Melhor Artista Novato: Kelsea Ballerini
Artista Destaque: Tori Kelly
Melhor Hino: Sabrina Carpenter – “Eyes Wide Open
Melhor Música de Término: Taylor Swift – “Bad Blood”
Artista Country Favorito: Maddie & Tae
Música Country Favorita: Maddie & Tae – “Fly”

ACOMPANHE-NOS