UA-83912875-1
Estúdio ao Vivo Rádio ao Vivo
Inicial Todas Música
Featured posts

0 496

Com o sucesso de músicas como “Despacito”, de Luis Fonsi e Daddy Yankee, e “Mi Gente”, de J Balvin, a música latina ganhou bastante espaço em 2017 e os artistas latinos começaram a ser cobiçados pelos anglo-saxônicos.

Olhando com bons olhos essas possíveis colaborações anglo-latinas, a Billboard iniciou uma enquete com o que eles chamaram de Colaborações Latinas dos Sonhos. Na lista, o site da publicação incluiu Anitta e Claudia Leitte, que para eles cairiam perfeitamente em uma parceria com Drake e a dupla The Chainsmokers, respectivamente.

A enquete, no ar desde esta quarta-feira, 31 de janeiro, tem a sonhada parceria Anitta e Drake na liderança, com mais de 65% dos votos.

Fonte: Popline

0 432

O Grammy Awards é um palco perfeito para grandes performances e, como de costume, a Billboard resolveu eleger quais foram as melhores apresentações na edição deste ano da premiação.

Para os editores da publicação, a melhor performance da 60ª edição do Grammy Awards foi logo a de abertura: Kendrick Lamar, que ainda contou com as participações da banda U2 e do comediante Dave Chappelle.

Para a Billboard, o Top 3 foi concluído pelas apresentações de Bruno Mars com Cardi B, para a música “Finesse (Remix)”, e Kesha com Camila Cabello, Cyndi Lauper, Bebe Rexha, Andra Day e Julia Michaels, que juntas apresentaram de forma emocionante a música “Praying”.

Confira a lista das melhores performances do Grammy 2018, segundo a Billboard:

1. Kendrick Lamar (feat. U2 e Dave Chappelle)
2. Bruno Mars (feat. Cardi B)
3. Kesha (feat. Camila Cabello, Cyndi Lauper, Bebe Rexha, Andra Day e Julia Michaels)
4. SZA
5. Childish Gambino – Terrified
6. Luis Fonsi & Daddy Yankee
7. P!nk
8. Patti Lupone
9. Ben Platt
10. Chris Stapleton & Emmylou Harris
11. Logic (feat. Alessia Cara e Khalid)
12. DJ Khaled (feat. Rihanna e Bryson Tyller)
13. Lady Gaga
14. Brothers Osborne, Maren Morris & Eric Church
15. Jon Batiste & Gary Clark Jr
16. Sam Smith
17. Elton John & Miley Cyrus
18. Little Big Town
19. Sting & Shaggy
20. U2

 

Fonte: Popline

0 167

Lançada em novembro, a música “Downtown” da Anitta com J Balvin continua rendendo frutos para a brasileira. Na nova atualização da Hot Latin Songs, a parada latina da Billboard, nos Estados Unidos, o single entrou pela primeira vez no Top 15. Ele está em 14º lugar, em sua oitava semana no ranking.

Parte do projeto “Checkmate”, “Downtown” é cantada em espanhol apesar do título. A letra é de Anitta, J Balvin, Justin Quiles e Alejandro Ramírez, que também assina a produção. Ela também já entrou no Top 10 das paradas de Portugal e da Espanha, além de figurar na parada global do Spotify por diversas semanas.

Recentemente, tanto o clipe oficial quanto o lyric video criado por Lele Pons passaram de 100 milhões de visualizações no Youtube. O lyric video, inclusive, tem mais acessos: 115 milhões no total.

Fonte: Popline

0 114

“Corazón”, a parceria de Maluma e Nego do Borel, completa três semanas na Billboard Hot 100. Pela segunda vez seguida, o single subiu posições no ranking. Foram mais três degraus com relação à semana passada: “Corazón” saiu do 90º para o 87º lugar. Isto é, desde que estreou na parada americana, a canção nunca caiu.

Ela está na frente de “IDGAF”, novo single de Dua Lipa (92º), “…Ready For It?”, da Taylor Swift (96º), “El Baño”, novo single de Enrique Iglesias (98º), e “Beautiful Trauma”, da P!nk (99º). Maluma e Nego do Borel, sucesso em streams com esse single, ganharam também em execuções em rádios. “Corazón” é nº1 na programação latina dos Estados Unidos.

O single está em 5º lugar na Hot Latin Songs da Billboard. Ele foi o nono mais baixado da semana e o sétimo mais executado em streams no segmento latino. O clipe na VEVO já está com 411 milhões de execuções.

Fonte: Popline

0 102

Um dia após o anúncio de que Camila Cabello havia pegado o 1º lugar da Billboard 200, outra conquista: ela também alcançou o topo da Billboard Hot 100. Elas são respectivamente as paradas de discos e singles dos Estados Unidos – as mais importantes do país no que concerne à música. Camila lidera com o álbum recém-lançado “Camila” e o single “Havana”, que vinha há semanas em 2º lugar.

Ótima estreia da carreira solo, né? A ex-integrante do Fifth Harmony é a primeira mulher a liderar as duas paradas ao mesmo tempo desde Rihanna em 2016. Além disso, Camila comprova a todos que estava certa em sua decisão de se tornar solista. Com o grupo, ela nunca foi nº1 em nenhuma das duas paradas.

Detalhe: a Associação da Indústria Fonográfica Americana (RIAA) anunciou nesta segunda (22/1) que o álbum “Camila” já foi certificado como ouro em sua semana de lançamento. Além disso, o single “Havana” recebeu certificado de 3x platina.

Fonte: Popline

0 90

Anitta é destruidora mesmo! Na madrugada desta sexta-feira, 19, a cantora divulgou no Youtube o vídeo de Machika, o novo single de J. Balvin com a cantora e Jeon. Antes disso, ela já havia lançado mais duas produções com o colombiano: Ginza e Downtown. Podemos esperar, então, mesmo com o término do projeto CheckMate, que ela vai continuar tombando com parcerias internacionais.

Trio de Machika (Foto: Divulgação)

O clipe foi gravado em Medellín, na Colômbia, e é cotado para fazer parte da trilha sonora oficial da Copa do Mundo da Rússia. Queremos esse fervo, sim! Ah, e em apenas 4h o vídeo atingiu o número de 1,5 milhões de visualizações e contando…

Assista:

Fonte: Globo

0 224

Cardi B tem mais um recorde para chamar de seu. Depois de balançar as estruturas da Hot 100, a rapper agora tem cinco músicas simultaneamente apenas no Top 10 do ranking de R&B/Hip-Hop da revista norte-americana.

Na mais recente atualização, Cardi aparece em 1º ao lado de Bruno Mars com o remix de “Finesse” que subiu 15 posições e está ainda em “No Limit” com G-Eazy em 3º, com Nicki Minaj e Migos em “Motorsport” em 4º, com “Bartier Cardi” em 7º e “Bodak Yellow” em 10º.

Com esses sucessos, a rapper se iguala a Drake e Kendrick Lamar sendo assim a primeira artista feminina a colocar 5 músicas ao mesmo tempo na Top 10. Nas últimas duas semanas, Cardi estava empatada com Beyoncé – que colocou 4 músicas simultaneamente no Top 100 em 2016: “Formation” “Sorry,” “Hold Up” e “6 Inch”, ocupando as posições 6, 7, 8 e 10, respectivamente.

Fonte: Popline

0 93

A edição brasileira da Rolling Stone liberou na noite desta quarta-feira (17/1) a capa e trechos da entrevista com Pabllo Vittar. A cantora está na edição de janeiro falando sobre preconceito, representatividade, música pop e religião.

“Eu oro antes de entrar no palco, antes de dormir, quando eu acordo. Acredito Nele [Deus], acho que Ele sempre vai estar comigo”, disse antes de contar uma história que aconteceu com sua mãe, Verônica. “O pastor começou a pregar sobre pessoas ‘doentes’ e rezar pela ‘cura’ dos gays. Quando ele começou a falar isso, minha mãe saiu correndo na hora. Com esse tipo de gente que até hoje é racista, misógina, homofóbica, transfóbica, eu fico: ‘Mano, para’. Fico muito triste. Porra, Deus fez os humanos para eles se odiarem desse jeito? Ele deve virar e pensar assim: ‘Que vergonha’”, disse.

“Hoje eu tiro de letra, porque tenho muito orgulho do que eu sou. O pior é o ódio que dá quando eu não fiz nada para a pessoa, nada para ninguém me olhar torto, e elas apontam ou dão risada de mim. Cada vez mais eu perco a esperança em certas pessoas. Tem gente que já desacreditei, tipo: ‘Você não vai mudar mais’”, comentou.

No dia do papo com a RS Brasil, Pabllo já havia feito um ensaio fotográfico, esteve em estúdio, e estava concedendo outras três entrevistas. “‘Não gosto muito’, confidencia, com uma frase que certamente seria menos educada se não houvesse um jornalista no banco ao lado. Pabllo não verbaliza, mas está se referindo às perguntas sempre parecidas, geralmente envolvendo questões de representatividade e política. ‘Está tudo lá, não tem o que ficar falando. Uma drag em cima do palco, no país que mais mata LGBTs no mundo. Isso já diz tudo’”, comenta.

Ainda para a publicação, Pabllo diz que seu foco para os próximos meses é diminuir a agenda para pode trabalhar melhor e continuar focando na produção do novo álbum. “Tem ouvido de SZA a Kali Uchis, anda empolgada com Allie X e está interessada em usar guitarras, a exemplo do que Rihanna fez em ‘Kiss It Better'(de Anti, 2016), possivelmente a canção da barbadiana que tem mais a cara da brasileira. E também ‘manter um pouquinho do que estou fazendo, porque está gostoso demais’”.

Fonte: Popline

0 115

Camila Cabello entrou no final do ano passado praticamente em todas as listas de álbuns aguardados para 2018 e “Camila” finalmente foi lançada na última sexta-feira (12/1) após unanimidade positiva nas resenhas.

acordo com a Hits Daily Double, o disco pode chegar a 97 mil cópias (entre 92 a 97k) equivalentes vendidas até esta quinta (18) colocando a cantora em uma disputa acirrada com a trilha de “O Rei do Show” pelo primeiro lugar. A Billboard se refere a “Camila” como “facilmente a melhor estreia da semana”.

A título de comparação, a trilha sonora de “O Rei do Show” está em sua segunda atualização consecutiva na liderança da Billboard 200 com 107 mil cópias equivalentes vendidas na última semana. A tendência é que esse número diminua. A HDD prevê de 87 a 92 mil unidades equivalentes vendidas.

O novo Top 10 da Billboard 200 será liberado no domingo (21).

Fonte: Popline

ACOMPANHE-NOS